maio 12, 2017

Psoríase: Existe Cura ou Tratamento Natural?



A psoríase é uma doença crônica inflamatória que ocorre na pele e atinge quase 200 milhões de pessoas no mundo inteiro. É mais incidente em pessoas de pele mais clara, entre 20 e 50 anos, sem distinção entre homens, mulheres e até mesmo crianças.

A psoríase é caracterizada pelo aparecimento de lesões (manchas) avermelhadas e escamosas na pele, em geral, no couro cabeludo, no joelho e nos cotovelos, e em alguns casos pode se espalhar por toda a pele e causar coceiras e desconforto, no entanto, a psoríase não é contagiosa.

As causas do aparecimento da psoríase ainda não foram totalmente explicadas, mas se sabe que ela altera o sistema imunológico, o que a torna uma doença autoimune, vez que faz com que as células de defesa do corpo ataquem equivocadamente as células do corpo saudáveis. Isso ocorre porque algumas células T (leucócitos), são estimulados em excesso e atuam de forma até dez vezes mais rápida que o normal.


Remédios, loções, pomadas e cremes a base de vegetais (ervas curativas) aplicados diretamente na pele podem limpar a pele irritada e diminuir a coceira, além de poderem, dependendo do caso, reduzirem o inchaço, desobstruir os poros da pele, diminuir a taxa de crescimento das células e suprimir o sistema imunológico do paciente.

Diversos medicamentos testados estão apresentando resultados eficazes no alívio dos sintomas da psoríase. A cortisona e os esteróides mais novos (medicamentos à base de hormônios) podem remover as placas em quase metade dos casos cerca de 50% dos casos quando aplicados diretamente na pele afetada. Há uma evidência crescente de que o ácido fumárico pode ajudar a manter a psoríase sob controle. Este tratamento envolve o uso de um éster de ácido fumárico, comumente usado na indústria alimentícia como aditivo alimentar, em substituição ao ácido cítrico. As cápsulas de éster de ácido fumárico têm sido utilizadas em ensaios clínicos na University Medical Centers na Suíça, Alemanha, Japão e Holanda. Em um estudo recente, 80 por cento dos 285 pacientes envolvidos relataram melhora acentuada, e 52 por cento dos pacientes estavam completamente livre de lesões psoriática.

Apesar de ervas medicinais serem usadas há muito tempo no como tratamento alternativo da psoríase na medicina natural, toda e qualquer uso de medicamentos, sejam eles naturais ou não, devem ser realizados com a supervisão médica. A psoríase é uma doença que se não for devidamente tratada, em alguns casos pode evoluir para uma forma mais grave, necessitando inclusive de internação.

A Aparine é usada em forma de pomada, lavagem facial no tratamento da psoríase. A Morujem, é uma planta medicinal que pode ser usada como uma erva de banho, compressa, cataplasma ou pomada, para psoríase, além de beneficiar de igual forma o tratamento de sarna, picada de urtiga, varizes e eczema. A planta Alteia, também conhecida como Malvarisco, é acrescentada a cosméticos e unguentos para amolecer e nutrir rachaduras na pele, beneficiando inclusive quem possui psoríase.

O óleo essencial do Vidoeiro é usada em pomadas e sabões medicativos. Da mesma forma, algumas ervas são usadas em forma de unguento, ou seja, em forma de medicamento natural para uso externo, à base de substância gordurosa, empregado para untar o corpo, como é o caso do Pinheiro-Bravo.

A Centella asiatica pode ajudar estimular produção de colágeno quando usado interiormente e topicamente na pele.
Também melhora o tempo de cura de uma ferida, estimulando a mitose celular e é usada para tratar queimaduras, cicatrizes (inclusive quelóides), psoríase e eczema. A Centella também é muito usada em cosméticos por suas propriedades regenerativas, inclusive no combate a queda de cabelo.

A Harmala, o Poejo, a Linhaça, o Zimbro e a Salsaparrilha também são conhecidas ervas que já foram ou são utilizadas em medicamentos para o tratamento da doença. Já a famosa Babosa (Aloé vera), que já é muito utilizada para tratamento de doenças de pele, vem sendo cada vez mais estudada para seu uso no tratamento dos sintomas da psoríase.

Fonte: Texto Extraído do site: www.medicinaisplantas.com

Leia também:

Não podemos nos esquecer que nosso sistema imunológico tem relação direto com nossa mente. Então, tratar nossos padrões mentais e por consequências, emocionais, ajudarão em um tratamento mais efetivo, portanto: CUIDE BEM DE VOCÊ
__________________________
AVALIAÇÃO por RADIESTESIA na dimensão MENTAL do distúrbio, que afeta o EMOCIONAL e COMPORTAMENTAL, interferindo na SAÚDE FÍSICA do ser humano.
ATENDIMENTO ONLINE
BRASIL